domingo, 28 de fevereiro de 2016

SEBO DE LIVROS USADOS: UM MUNDO DE INFORMAÇÃO PRESERVADA EM PAPEL NOS TEMPOS DE INTERNET



OUÇA A 101% ROCK CLICANDO NO PLAYER ACIMA )))))











Fernanda Toffuli

Sebo é o nome popular dado às livrarias que compram, vendem e trocam livros usados. Existem várias versões da origem do nome, porém a mais conhecida é aquela na qual ás pessoas liam à luz de velas e acabavam sujando, estragando e ensebando os livros, devido ao derretimento das velas.






É muito comum encontrar sebos no Vale do Paraíba paulista, porém, há um exemplo de sebo bem diferente em Taubaté, sendo este especializado em livros de historias em quadrinhos. “A paixão de história dos quadrinhos surgiu na década de 50 com os mangás japoneses, então a partir da década de 60 eu comecei a levar isso mais a sério e acredito que sou o maior colecionador desse segmento da região, tendo no total cerca de quinze mil itens, em um acervo que abri para a população conhecer”, conta Jorge Hata, dono do sebo taubateano especializado em história dos quadrinhos.






O sebo também é uma forma interessante e econômica de ampliar o conhecimento, já que o valor do livro usado é bem abaixo da tabela se comparado com um livro novo, além de se poder achar obras raras e originais, preservando a história e evitando o desperdício de papel em novas edições publicadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário